segunda-feira, 26 de agosto de 2013


There has been some talk on the forum recently about how chiropractic care may fit into your life, and the differences between chiropractic, and massage or acupuncture. I’ve been surfing almost 30 yrs and plan on surfing till I’m in the ground. One of my patients asked me recently, “Doc, when are you going to stop surfing?” It took me about 2 seconds to come up with the answer; NEVER!! Chiropractic care is based on laws of physics (which I will cover shortly), and the amazing principle that “THE POWER that made the body can heal your body” if it is free of interference. Chiropractic deals with nerve interference, called subluxations. Subluxation actually means a state of less light in your body. Chiropractic is about your body performing at the most optimal level possible. That is why Tiger Woods has had regular chiropractic care his entire professional career, and has quite a few green jackets. Andy Roddick and Lance Armstrong are some of the other incredibly accomplished athletes that have used chiropractic care as a key ingredient to their success. The fact is that more professional athletes use chiropractic than ever before. Even more revealing, is the increased use of regular chiropractic care for entire professional teams. In fact, Chiropractic Economics reported that over 95% of teams in the NFL use chiropractors as a regular part of player care. I was recently named a Doctor to the Wellness Advisory Council (WAC) for Team USA Wrestling, Judo, and Weightlifting. I will be traveling with Team USA Wrestling later this year to Russia for the World Championships. Team USA is committed to bringing home the Gold. Harvard University recently came out with a publication that said our brains and bodies are capable to living to age 120. We basically screw it up by messing up one or more of the basic essentials we need to make it to 120. Essential 1: Maximized Nerve Supply Essential 2: Maximized Quality Nutrition Essential 3: Maximized Oxygen and Lean Muscle Essential 4: Maximized Mind (learning how to attain peace) Essential 5: Minimize amount of toxins you put in your body Over the next 4-6 weeks I will go over each essential. If you want to participate, I will guarantee that your health status and the health of your family will change. ESSENTIAL # 1-MAXIMIZED NERVE SUPPLY Our health depends most on the stability and performance of our central nervous system. Thinking of this significant and intricate system intertwined within our body as a power supply of life, we are able to visibly see the significance of keeping our spinal cord and nerves in optimal shape. The brain is effectively the first organ to develop while in the mother’s womb. Our brain is the main command center for the rest of our body, and uses our spinal cord and nerves from the beginning to create every cell and organ. From development onto death, this command center is in charge of the flow of "power" along the spine and through the nervous system, controlling all function and healing within the body. Therefore, attaining overall health and wellness is directly associated to maximizing your nerve supply. The intricacy of the nervous system is so powerful and subtle that it is able to control millions of cells inside dozens of operating systems all at once. Right now you are currently breathing, your heart is beating and your eyes are blinking, all while sustaining feeling, and keeping pace within your limbs. All of these individual operations are done without effort and sometimes unknowingly due to your nervous systems ability to manage and regulate your body's function. While your body may be able to go days without water, weeks without food, and even minutes without oxygen, it cannot keep going one second without the power created by your nervous system! The nervous system is so essential to your body that it is covered within a well-built, bony structure to keep damaging elements away from the sensitive nerves. This bony structure consists of the skull, which guards the upper brain, and the spinal column, which shelters the spinal cord and nerve roots. When this column is not well taken care of, it may shift or rotate out of place, interfering with your body's ability to create maximum nerve supply. The condition of your spine then influences both your physical and mental health--making it essential to optimal performance. What I do is so simple. If your structure is not ideal to deal with the effects of gravity, surfing, technological stress, and trauma; your nervous system can’t possibly be working at 100%. At my office, we focus on correction. We do the best job possible of putting curves in where they are supposed to be, and removing curves that are not supposed to be there. This is done with a combination of specific chiropractic adjustments, spinal exercises, and you figuring out what you have, or have not been doing correctly with your lifestyle. We are a corrective chiropractic office that will take follow-up x-rays and show you measurable change. We do not use EMS muscle stimulation or hot packs in our office because I feel they have no corrective value. I would rather focus on the problem and not the effect. You are supposed to have a curve in your neck called a lordosis. It is essentially a backwards C. Your ear from the side should line up with you’re A/C joint (front of your shoulder) the only way to know if you have a curve is an x-ray. If you don’t have a curve in your neck this is what can happen; “For every inch of forward head posture, it can increase the weight of the head on the spine by an additional 10 pounds.” – Kapandji, Physiology of Joints, Vol 3. Forward head posture (FHP) can add up to thirty (30) pounds of abnormal leverage on the cervical spine. This can pull the entire spine out of alignment. –Rene Cailliet, M.D., Director of the Department of Physical Medicine and Rehabilitation at the University of Southern California FHP has been shown to flatten the normal neck curve, resulting in disc compression, damage, and early arthritis. – Gore DR, Sepic SB, Gardner GM. Roentgenographic findings of the cervical spine in asymptomatic people. Spine 1986; 6:591-694 FHP results in loss of vital capacity of the lungs by as much as 30%. This shortness of breath can lead to heart and blood vascular disease. –Rene Cailliet, M.D., Director of the Department of Physical Medicine and Rehabilitation at the University of Southern California The entire gastrointestinal system is affected; particularly the large intestine. Loss of good bowel peristaltic function and evacuation is a common effect of FHP. –Rene Cailliet, M.D, Director of the Department of Physical Medicine and Rehabilitation at the University of Southern California PLEASE TAKE THIS VALUABLE INFORMATION AND USE IT. JUST CALL JENNA AT 305-932-3773. THE DECISIONS YOU MAKE IN YOUR 20’S EFFECT YOU INTO YOUR 40’S, 50’S, AND 60’S. SURF TILL AGE 100!! DR. CRAIG KALER

domingo, 18 de julho de 2010

Quiropraxia e Dor Cervical: Cuidado Conservador da Dor Cervical e Lesoes

Seu pescoço, também chamado de coluna cervical, começa na base do crânio e contém sete vértebras pequenas. Incrivelmente, a coluna cervical suporta o peso de sua cabeça, que é, em média, cerca de 12 quilos. Enquanto a coluna cervical pode mover a cabeça em quase todas as direções, esta flexibilidade faz com que o pescoço (regiao cervical) fique muito sensível à dor e à lesão.

No pescoco a sensibilidade se da devido à biomecânica. Atividades e eventos que afetam a biomecânica cervical incluem muito tempo na posicao sentado, movimentos repetitivos, acidentes, quedas e golpes no corpo ou na cabeça, o envelhecimento normal, e desgaste diário. A dor de cervical pode ser muito forte e desagradavel, e isso pode ter origem em uma variedade de causas.

Aqui estão algumas das causas mais comuns de dor no pescoço:

Lesões e Acidentes: Um movimento brusco forçado da cabeça ou pescoço, em qualquer direção e resultante, choque no sentido oposto que é conhecido como efeito chicote. Músculos reagem apertando e contraindo, criando a fadiga muscular, que pode resultar em dor e rigidez. Lesoes graves também podem ser associados a lesões nas articulações intervertebrais, discos, ligamentos, músculos e raízes nervosas. Acidentes de carro são a causa mais comum de lesoes tipo chicote.

Envelhecimento: Doenças degenerativas tais como osteoartrite, estenose espinhal, doença degenerativa do disco afetam diretamente a coluna.

Osteoartrite, uma doença comum comum, provoca uma deterioração progressiva da cartilagem. O corpo reage formando esporões ósseos que afetam a mobilidade articular.
estenose espinhal causa obstrucao das passagens nervosas nas vértebras para reduzir, comprimir e aprisionar as raízes nervosas. Estenose pode causar dor no pescoço, ombro e dor no braço, assim como dormência, quando estes nervos são incapazes de funcionar normalmente.
Doença degenerativa do disco pode causar diminuição da elasticidade e da altura dos discos intervertebrais. Ao longo do tempo, um disco pode ter protuberância ou hérnia, causando formigamento, dormência e dores que reagem no braço.
Cotidiano: Má postura, obesidade, músculos abdominais fracos e muitas vezes perturbam o equilíbrio espinhal, levando o pescoço a se desgastar em sobrecarga para compensar. Stress e tensão emocional pode causar sobrecarga nos músculos que se contraem resultando em dor e rigidez. Stress postural pode contribuir para dor na regiao do pescoco crônica, com sintomas que se estendem para trás e na parte superior do torax e braços.

Ajustes Cervicais
Um ajuste na regiao cervical (também conhecido como uma manipulação cervical) é um procedimento preciso aplicado para as articulações do pescoço, geralmente com a mão. Um ajuste no pescoço trabalha para melhorar a mobilidade da coluna e para restaurar a amplitude de movimento, mas também pode aumentar o movimento dos músculos adjacentes. Os pacientes tipicamente notam uma melhor capacidade de girar e inclinar a cabeça, e uma redução da dor e rigidez articular.

Naturalmente, o fisioterapeuta quiropráxista irá desenvolver um programa de cuidados que podem combinar em mais de um tipo de tratamento, dependendo de suas necessidades pessoais. Além disso, a manipulação, o plano de tratamento pode incluir a mobilização, massagem ou exercícios de reabilitação, ou qualquer outra coisa.

Fonte: American Chiropractic Association, 2010.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Manipulação Quiroprática, melhor opção para Dor Lombar

À luz de uma nova pesquisa mostrando que a manipulação da coluna é o tratamento Quiroprático (mais procurado) para pessoas que sofrem com dores nas costas, o paciente deve considerar uma consulta com um Quiropraxista, diz a American Chiropractic Association.

A avaliação principal da pesquisa leva em conta um levantamento feito em mais de 14 mil americanos em 06 de Abril.

"Para o tratamento de dores nas costas, algumas opções são melhores do que quiropraxia", diz o presidente da ACA, Glenn Manceaux. Conforme mostrado na última pesquisa, a manipulação da coluna com Quiropraxia é um tratamento baseado em evidências e eficaz para a dor lombar e outras lesões músculo-esqueléticas. Juntamente com os elevados níveis de satisfação dos pacientes, os doentes devem recorrer a Quiropraxia como sua primeira escolha. "

Para comparar os tratamentos que mais ajudaram, os entrevistados foram convidados a taxar uma lista exaustiva de possíveis soluções, bem como sua satisfação com os profissionais de saúde visitados. A maioria dos inquiridos já havia tentado cinco ou seis diferentes tipos de tratamentos. Em média muitos achavam que suas dores nas costas interferem em suas atividades diárias, incluindo o sono e sua vida sexual.

Os Quiropraxistas fornecem um tratamento livre de drogas e opções de tratamento não-invasivo para muitos tipos de dores e inflamações. Por exemplo, a dor crônica nas costas, dor no pescoço, dor nas articulações e dores de cabeça muitas vezes podem ser reduzidas com a combinação adequada de manipulação Quiroprática, exercícios de reabilitação fisioterápicos e aconselhamento de estilo de vida - que são oferecidos pelos Fisioterapeutas Quiropraxistas em um plano de tratamento personalizado ao paciente.
Uma quantidade significativa de evidências tem mostrado que o uso do tratamento Quiroprático para determinadas condições pode ser mais eficaz do que o cuidado médico tradicional, com muitos pacientes sentindo melhora logo após sua visita ao Quiropraxista em primeiro lugar.

Fonte: American Chiropractic Association, 06 de Abril de 2009.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Surfistas Profissionais Norte-Americanos se beneficiam com a Quiropraxia

"Com o tratamento quiroprático consistente, agora estou surfando à 100 por cento", confessou o surfista profissional Mike Lambresi (três vezes campeão nacional Americano) Este é um belo exemplo da eficácia do tratamento Quiropráxico em relação a uma variedade de meios, graças ao Dr. J.J. Heaivilin, um Quiroprático, em Carlsbad, Califórnia.

Um dos pacientes do Dr. Heaivilin, Guy Rowlett, mencionou que seu companheiro, Paul Barr, é um surfista profissional e poderia melhorar seu desempenho. Dr. Guy Heaivilin disse para levá-lo em seu consultório. Barr foi inicialmente confundido sobre a necessidade de tratamento Quiroprático, porque ele nunca teve dor nas costas, nem qualquer outro sintoma. Dr. Heaivilin explicou-lhe como os ajustes de Quiropraxia poderiam aumentar seu desempenho. Em um mundo onde há uma tênue diferença no desempenho, onde se vê grandes diferenças entre faturar US $ 20.000 contra US $ 200.000 ao ano, viu-se entusiasmado com Quiropraxia."

A carreira de Paul Barr decolou durante os meses consecutivos ao tratamento, como também passou o tri-campeão nacional, Mike Lambresi, no ranking. Ele subiu para a oitava, e Lambresi em décimo no ranking da nação. "Eu me sinto muito mais forte, mais relaxado, mais flexível, e minhas pernas não fadigam tão facilmente desde que eu fui recebendo ajustes. Eu tenho sorte pois tratei os problemas de forma preventiva agora, em vez de esperar por uma crise", disse Barr.

Barr, por sua vez se refere a Lambresi e ao Dr. Heaivilin para o tratamento. Lambresi se encaminhou para o quinto lugar depois de receber Quiropraxia e está de olho em um quarto título nacional consecutivo. Lambresi refere Taylor Knox, a mais nova esperança entre os surfistas profissionais, que quebrou a coluna apenas quatro anos atrás e fez uso do tratamento Quiropráxico. A lista continua com um denominador comum: todos eles afirmam surfar melhor do que nunca com o tratamento Quiroprático.

"Esses caras são como máquinas de mídia para a Quiropraxia", sorriu o Dr. Heaivilin. "Toda vez que vê um microfone, vão lá e falam sobre a Quiropraxia. São praticamente adorados pelos jovens em todo o mundo. É por isso que eles são bem pagos com escandalosas quantias em dinheiro para apoiar as empresas com simples adesivos em suas pranchas. Quando esses atletas profissionais adotam a Quiropraxia , a próxima geração vai escolher Quiropraxia. "

quarta-feira, 1 de abril de 2009

O que diferencia a osteopatia da quiropraxia ?

• Existe uma antiga rivalidade entre os osteopatas e os quiropraxistas, os primeiros acusam os segundos de plágio e os segundos acusam os primeiros de capitulação da osteopatia à medicina tradicional.
• Os princípios da quiropraxia são preservar a integridade da saída dos influxos nervosos do raque. Se acontece um deslocamento vertebral « sub-luxação » os nervos raquidianos são susceptíveis de serem pinçados et com isso vão ocasionar uma doença. A quiropraxiia fica sendo unicamente uma terapia manual do raque.
• Os princípios da osteopatia se apoiam na mobilidade, na livre circulação dos influxos nervosos mas também sanguíneos. O fato de que todas as estruturas do corpo são dotadas de inércia e podem comprimir vasos e nervos, chegaremos rapidamente a manipular o corpo todo, membros, fígado, útero.., e não somente a coluna.

Principio Chave da Osteopatia

• Uma vez que tudo se movimenta, tudo pode se bloquear, « lesão osteopática », e se tudo pode se bloquear tudo pode ser manipulado.


• PALMER foi o beneficiário do movimento vitalista dos séculos 18 e 19 quando fez passar toda a patologia pelo sistema nervoso.

• STILL, em nome de sua formação médica, pensou que a força vital tinha um duplo canal, vascular e nervoso, a influência do vitalismo não foi a única fonte, o mecanismo e o quimismo, o ajudaram nessa descoberta.

Convergências da osteopatia e da quiropraxia

STILL, em 1874, durante uma epidemia de disenteria salvou, por manipulação, uma criança que perdia sangue por via retal; esse episódio foi para STILL ponto de partida pois todos os princípios que ele havia formulado em sua mente se concretizavam pela cura sem medicamentos de uma criança destinada à morte certa nessa época.

PALMER terá seu ponto de partida após a cura de um empregado acometido de uma antiga surdez, após uma manipulação da primeira cervical.
• Esta foi, portanto, uma experiência « vascular » para STILL, e « neurológica » para PALMER.

• Tanto um como o outro descobrem, portanto, que se pode curar sem medicamentos, reequilibrando unicamente o corpo.

STILL, abandonando a medicina tradicional, vai considerar todos os tecidos do corpo articulados entre si (ossos, músculos, vísceras, vasos…) .

PALMER vai privilegiar a coluna vertebral e a origem nervosa das doenças.

No BRASIL a osteopatia e a quiropraxia estão apenas começando, também o fato de poder mostrar as técnicas osteopáticas no ensino da quiropatia deixa prever uma aproximação ainda mais importante dessas duas disciplinas para o único bem do doente.

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Osteopatia na Traumatologia Desportiva

A Osteopatia responde a demanda de numerosos atletas de todos os níveis, desde o aficcionado médio ao campeão internacional. O testemunho de uma jovem atleta de alto nível pode resumir seus pontos de vista: “Graças a sua eficácia, a Osteopatia me permitiu alcançar um nível internacional em minha disciplina, sobretudo manter e progredir à nível mundial. É importante saber que se a Osteopatia se aplica de forma simples e lógica, assim existe a possibilidade de compreender os mecanismos do nosso corpo quando se procuram cuidados Osteopáticos”.

Com o acompanhamento de um Osteopata durante anos, esta jovem praticante de um esporte acrobático muito difícil se manter, obteve muito mais facilidade na recuperação de lesões osteopáticas ou cirúrgicas, se recuperando muito rápido das mesmas. Os atletas profissionais se favorecem mais do que os aficcionados. Os clubes e grandes torneios profissionais não vacilam em requerer os serviços de um Osteopata. Neste caso especialmente nos grandes Rallys como o Paris-Dakar e em competições como as 24 horas de Le Mans.

Alguns atletas profissionais ou aficcionados se submetem a vigilância regular de um osteópata para manter uma perfeita forma física e mental. A riqueza das técnicas osteopáticas responde a maioria das suas necessidades. As técnicas estruturais, craniais e orgânicas se completam e são usadas nas diversas situações que se encontram os atletas ao longo da vida esportiva:

- Preparação para esforços pela suavição de zonas rígidas, o que evita distensões e entorses de ligamentos e músculos;

- Tonificação do sistema nervoso;

- Relaxamento físico e mental antes da competição;

- Recuperação rápida entre as provas, devido a utilização de um potencial psico-físico ótimo, resultando em melhora das marcas.

Os cuidados osteopáticos permitem:

- A continuidade da participação em provas em casos de acidentes, que em ausência de um osteopata, o atleta abandona a prova e vai para hospitalização;

- Tratar desde o princípio as afecções traumáticas, impedindo nas lesões não cirúrgicas, por meio de uma restauração articular próxima a normal, a aparição de inflamação, a impotência e as seqüelas a longo prazo.

Traduzido do livro: LA PRACTICA DE LA OSTEOPATIA - Principios, técnicas e indicaciones terapéuticas, de Guy Roulier (1989).

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Filosofia, Ciência e Arte da Quiropraxia

Para Karl Holmquist (1985), em seu livro - Home Chiropractic Handbook : “A ciência da Quiropraxia pode ser resumida na posse do conhecimento adquirido por observação, estudo e experiência; e a aplicação deste conhecimento em conjunção com as leis de anatomia e fisiologia tendem a produzir uma função nervosa normal no corpo. A arte da Quiropraxia pode ser resumida na aquisição das habilidades requeridas pelo conhecimento e o desenvolvimento de um plano de tratamento para a coluna vertebral de um indivíduo. Ao colocar todas as definições juntas: Quiropraxia é a filosofia, ciência e arte dedicadas a restaurar a transmissão normal do nervo ao corpo e adicionar a manutenção da normalidade. A saúde do corpo é diretamente relacionada com a função normal dos nervos que recebem impulsos do cérebro para as diversas células do corpo.”