domingo, 18 de julho de 2010

Quiropraxia e Dor Cervical: Cuidado Conservador da Dor Cervical e Lesoes

Seu pescoço, também chamado de coluna cervical, começa na base do crânio e contém sete vértebras pequenas. Incrivelmente, a coluna cervical suporta o peso de sua cabeça, que é, em média, cerca de 12 quilos. Enquanto a coluna cervical pode mover a cabeça em quase todas as direções, esta flexibilidade faz com que o pescoço (regiao cervical) fique muito sensível à dor e à lesão.

No pescoco a sensibilidade se da devido à biomecânica. Atividades e eventos que afetam a biomecânica cervical incluem muito tempo na posicao sentado, movimentos repetitivos, acidentes, quedas e golpes no corpo ou na cabeça, o envelhecimento normal, e desgaste diário. A dor de cervical pode ser muito forte e desagradavel, e isso pode ter origem em uma variedade de causas.

Aqui estão algumas das causas mais comuns de dor no pescoço:

Lesões e Acidentes: Um movimento brusco forçado da cabeça ou pescoço, em qualquer direção e resultante, choque no sentido oposto que é conhecido como efeito chicote. Músculos reagem apertando e contraindo, criando a fadiga muscular, que pode resultar em dor e rigidez. Lesoes graves também podem ser associados a lesões nas articulações intervertebrais, discos, ligamentos, músculos e raízes nervosas. Acidentes de carro são a causa mais comum de lesoes tipo chicote.

Envelhecimento: Doenças degenerativas tais como osteoartrite, estenose espinhal, doença degenerativa do disco afetam diretamente a coluna.

Osteoartrite, uma doença comum comum, provoca uma deterioração progressiva da cartilagem. O corpo reage formando esporões ósseos que afetam a mobilidade articular.
estenose espinhal causa obstrucao das passagens nervosas nas vértebras para reduzir, comprimir e aprisionar as raízes nervosas. Estenose pode causar dor no pescoço, ombro e dor no braço, assim como dormência, quando estes nervos são incapazes de funcionar normalmente.
Doença degenerativa do disco pode causar diminuição da elasticidade e da altura dos discos intervertebrais. Ao longo do tempo, um disco pode ter protuberância ou hérnia, causando formigamento, dormência e dores que reagem no braço.
Cotidiano: Má postura, obesidade, músculos abdominais fracos e muitas vezes perturbam o equilíbrio espinhal, levando o pescoço a se desgastar em sobrecarga para compensar. Stress e tensão emocional pode causar sobrecarga nos músculos que se contraem resultando em dor e rigidez. Stress postural pode contribuir para dor na regiao do pescoco crônica, com sintomas que se estendem para trás e na parte superior do torax e braços.

Ajustes Cervicais
Um ajuste na regiao cervical (também conhecido como uma manipulação cervical) é um procedimento preciso aplicado para as articulações do pescoço, geralmente com a mão. Um ajuste no pescoço trabalha para melhorar a mobilidade da coluna e para restaurar a amplitude de movimento, mas também pode aumentar o movimento dos músculos adjacentes. Os pacientes tipicamente notam uma melhor capacidade de girar e inclinar a cabeça, e uma redução da dor e rigidez articular.

Naturalmente, o fisioterapeuta quiropráxista irá desenvolver um programa de cuidados que podem combinar em mais de um tipo de tratamento, dependendo de suas necessidades pessoais. Além disso, a manipulação, o plano de tratamento pode incluir a mobilização, massagem ou exercícios de reabilitação, ou qualquer outra coisa.

Fonte: American Chiropractic Association, 2010.

Um comentário:

Quiropraxia Dr. Fabio Corsini Motta disse...

A quiropraxia é a técnica mais indicada e eficaz para este e outros problemas em nossa coluna vertebral.
Muito legal este artigo de quiropraxia.
Atenciosamente;

IPQ - Instituto Paulista de Quiropraxia
Dr. Fabio Corsini Motta - ABQ: 0486
www.ipquiropraxia.com.br